REGIÕES DE MG PODEM FICAR SEM ENERGIA "A QUALQUER MOMENTO"

23/09/2021

                                            

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, afirmou, nesta quarta-feira (22), que algumas regiões do Estado podem ficar sem energia ‘a qualquer momento’.
A declaração foi feita durante a cerimônia que marcou o início do processo de tombamento histórico dos lagos de Furnas e Peixoto, que ficam no Centro-Oeste do Estado. Segundo o governador, o sistema de fornecimento de eletricidade está ‘no limite’.
— Nós estamos vivendo um momento de escassez de chuvas, consequentemente uma crise hídrica que está se desdobrando para se tornar uma crise energética. Tenho acompanhado muito de perto a situação, a qualquer momento nós corremos risco de ter algumas regiões desabastecidas por energia elétrica. Nosso sistema está operando no limite, apesar de todas as usinas termelétricas estarem funcionando.
Zema lamentou a situação de ‘calamidade pública’ vivida pela represa de Furnas, que está com o volume de água próximo ao mínimo para o funcionamento. Segundo o governador, o problema não é fácil de ser resolvido e seria o resultado da política hídrica do país.
— É um problema complexo, ele está dentro do contexto Brasil, que é um país que tem pecado, infelizmente, pela falta de planejamento. É um problema que se resolve de hoje para o ano que vem? Não. É um problema que deveria ter sido resolvido há 10, 15, 20 anos.
Crise hídrica
Desde junho, quando o Governo Federal anunciou que o Brasil passaria, em 2021, pela maior crise hídrica em 91 anos, a conta de luz sofreu uma série de aumentos. Após a entrada na bandeira amarela e dos reajustes na bandeira vermelha, o Creg (Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética) determinou a implementação de uma tarifa inédita, chamada ‘Bandeira Escassez Hídrica’. Se aprovado, o projeto vai representar o pagamento de uma taxa de R$ 14,20 para cada 100kWh consumido entre setembro de 2021 e abril de 2022. O Ministério de Minas e Energia descarta qualquer possibilidade de racionamento ou apagão no país.
No último sábado, uma falha em uma subestação de Furnas na cidade de Rio das Ostras, no Rio de Janeiro, causou um apagão de cerca de uma hora em cidades de Minas Gerais e RJ. Segundo a ONS (Operador Nacional do Sistema), o caso não tem relação com a crise hídrica no país e que o apagão foi causado por um ‘desligamento total da subestação’. As causas do incidente ainda serão investigadas.

.Célio Ribeiro*, do R7

Fortaleza e Parceiros distribuirão mudas de Feijão e Milho

09/09/2021

A Prefeitura Municipal de Fortaleza de Minas recebeu uma emenda parlamentar do Deputado Federal Ze Silva via Emater e em parceria com o sindicato rural irá distribuir 10 sacos de feijão e 10 sacos de milho para plantio, lembrando que são sementes de variedade tratada ( não aceita capina química). Os interessados nas sementes deverão entrar em contato com o sindicato até na terça feira dia dia 14 de setembro pelo telefone (35) 99943 7539 para maiores informações e inscrição.

Novo Decreto Suspende Aulas Presenciais

30/08/2021

Em novo decreto, publicado na sexta-feira (27), a Prefeitura de Fortaleza de Minas suspendeu as aulas presenciais nas redes de ensino municipal e estadual por tempo indeterminado, porém, de acordo o prefeito de Fortaleza, Adenilson Queiroz, a previsão é que as atividades sejam retomadas em outubro, após aplicação de segunda dose de vacinas contra a covid-19 nos profissionais da Educação.

Aplicativos


 Locutor Ao vivo

Difusora FM

Portal Difusora FM

Peça Sua Música




No momento todos os nossos apresentadores estão offline, tente novamente mais tarde, obrigado!






Top 5

01.

Conde do Forró

Romance Desapegado

02.

Gustavo Mioto

Despedida de Casal

03.

Guilherme e Benuto

Pulei na Pisina

04.

Léo Magalhaes

Leviana

05.

Barões da Pisadinha

Eu Acho que Não

Anunciantes